• Existe Afro-descendentes na Ásia?

    Veja uma lista de celebridades 'Blasians'.

  • Curiosidades: Grupos e Solos

    Veja uma lista de curiosidades de 52 grupos e cantores do K-Pop.

  • Idols são reconhecidos em público?

    Idols que afirmaram não serem reconhecidos em público.

  • Estrangeiros no K-Pop (Idols que não são coreanos)

    Veja uma lista dos Idols do K-Pop que não são coreanos.

  • Coisas no K-Pop que você precisa se acostumar

    Lista de alguns aspectos que são comuns no K-Pop mas estranhos para os fãs ocidentais.

  • K-Idols que têm (ou tiveram) Doenças Graves

    K-Idols que têm (ou tiveram) Doenças Graves e Você não Sabia (Parte 2)

junho 16, 2016

Por que os Idols são mal vistos na Coreia?

Compartilhe & Comente
Manjadores manjarão a referência.

Antes de tudo, devo lembrar que não é uma "regra", nem todos acham isso, porém, muitos consideram os Idols preguiçosos, sem talentos, burros, arrogantes, etc, por vários motivos, vamos tentar explica-los, porque se vocês acompanharem as notícias relacionados ao K-Pop, verão com frequência os Idols sendo criticados de uma maneira muito raivosa e violenta, existe explicação para isso.. Podemos até fazer uma breve comparação com a perspectiva do Brasil em relação aos jogadores de futebol, eles são muito famosos, conhecidos pela maioria dos brasileiros, porém são mal vistos pelas atitudes ruins de alguns.. É basicamente o mesmo sentimento, uma apatia por causa das atitudes ruins das pessoas que vivem do mesmo oficio. É claro que essa foi só uma comparação "sentimental", pois sabemos que na prática os jogadores de futebol tem muita liberdade se comparados a artistas e músicos. Então veja abaixo uma tentativa de explicar o porque dos K-Idols serem tão julgados.

Nos siga no twitter, nosso user é @hallyutownblog. Cuidado pois existe um plagio com o mesmo nome do nosso. Siga apenas a página marcada acima.


Primeiramente: O que é um Idol?

ABK48, também conhecido como "o grupo que o procude 101 plagiou".

O termo "Idol" não foi criado na Coreia e sim no Japão em meados dos anos 70. O termo se popularizou por causa do extremo sucesso da cantora francesa, Sylvie Vartan em sua participação no filme Cherchez l'idole em 1963, com o título japonês Aidoru wo sagase (ア イ ド ル を 探 せ?). Em 1964 o termo Idol/Aidoru passou a ser aplicado a qualquer atriz ou cantora extremamente bonita, ou qualquer cantor bonito do sexo masculino (que por conveniência eram sempre atribuídos a caucasianos e arianos U-U). O termo também passou a ser usado para jovens japoneses que começaram a subir no estrelato (cantores, atores, modelos, etc) em especial aos adolescentes, entre 14 a 18 anos. Uma em particular, Momoe Yamaguchi, era uma grande estrela até seu casamento e aposentadoria em 1980. Os Idols dominaram a cena da música pop na década de 1980 e este período é conhecido como a "Idade de Ouro dos Idols no Japão", onde em apenas um único ano, 40 ou 50 novos Idols poderiam aparecer do nada para simplesmente desaparecerem dos holofotes pouco depois. Alguns poucos Idols daquela época, como a Seiko Matsuda, ainda são populares no Japão.

Na década de 1990, a popularidade de Idols japoneses, especialmente do sexo feminino, começou a diminuir drasticamente já que os holofotes se deslocaram para os diversos cantores e bandas de Rock como X-Japan e Luna Sea, que revolucionaram e abriram espaço para um novo gênero musical, o J-Rock, que dominava todas as paradas musicais da época. Essas bandas tinham um visual pouco convencional, extremamente extravagante e até um pouco chocante para a sociedade na época, além não se enquadrarem com a "beleza convencional". Foi exatamente por causa do visual que as pessoas começaram a fazer distinção de "artistas" dos "Idols", pois qualquer artista que se encaixasse no padrão de beleza da época seria taxado de Idol, especialmente os jovens que foram conhecidos por sua inocência e por canções modernas e "fofas". A diversificação ocorreu na década de 1990 e, em vez de alguns ídolos disputando popularidade, começou a surgir uma série de ídolos com características diferentes que dividiu o mercado, variando o estilo visual e estilo musical atribuindo outros gêneros como Hip-Hop, Rap, Eletrônica, etc. Há, no entanto, uma opinião que o termo "Idol", por definição, deve ser unicamente aplicado a alguém que recebe sucesso instantâneo e fanático, algo que um modelo de revista menor não poderia alcançar.

Ainda nos anos 90, a popularidade de ídolos japoneses do sexo masculino, como SMAP, Kinki Kids, Tokio, e V6, cresceu muito. Eles ganharam grande popularidade em Hong Kong e Taiwan. Os Idols foram ficando cada vez mais jovens e os grupos ficaram cada vez maiores, com a ascensão do Morning Musume, vários outros grupos passaram a seguir o mesmo padrão: adolescentes, estudantes e "bonitas". Os Idols também se fundiram com outras mídias, como os Animes, em que cantavam as canções de abertura ou encerramento, e as vezes dublavam personagens também.

Idols japonesas ensinando inglês. TEEEN

Na Coreia do Sul, o termo começou a ser usado exatamente no mesmo contexto que no Japão, para artistas jovens, "bonitos", com fã clubes enormes e fanáticos. Grupos como H.O.T, S.E.S, Sechs Kies, Fin.K.L, Shinhwa, Baby V.O.X, G.O.D, Turbo, Roo'ra, etc tornaram-se populares ao incorporarem os estilos musicais que haviam feito sucesso no Japão nos anos 80. A partir dos anos 2000 os cantores e grupos Idols coreanos passaram a ganhar mais autonomia se diferenciando cada vez mais do pop japonês. A verdadeira explosão dos Idols coreanos começou no ano 2000 com a estreia da cantora BoA (보아), que apesar de ser coreana também cantava (e ainda canta) em japonês, se tornou um fenômeno de vendas tanto na Coreia quanto no Japão e outros países da Ásia, abrindo espaço para outros Idols coreanos se tornarem famosos por toda a Ásia. Apenas 3 anos após a estreia da BoA, um grupo na mesma agencia dela estreou e se tornou sucesso imediato, o TVXQ (東方神起). Ambos, BoA e TVXQ ainda estão ativos na música e são considerados a "realeza" do pop coreano.

Resumindo: Idols são artistas "bonitos", jovens e com muita popularidade.


Padrão de beleza x Perfeição


Como já citado no tópico acima, a palavra "Idol" era especialmente usada para designar artistas que se encaixavam no padrão da época e ainda é assim. Existiam milhares de 'grupos Idols' e obviamente que nessa quantidade enorme de Idols nem todos sabem fazer algo que presta. Muitos dos Idols cantores não cantavam bem ou atores não sabiam atuar. A partir de 2006-2009, o termo Idol começou a ser usado apenas para cantores e grupos que eram puramente visuais, que conseguiam reconhecimento apenas pela aparência, enquanto os demais artistas e grupos com os mesmos estilos porém que produziam suas músicas e não dependiam unicamente de aparência foram considerados como "artistas verdadeiros". Ou seja, Idols passaram a ser os "famosinhos" sem talento enquanto os artistas eram os que produziram e tinham real talento. Essa ideia ainda está presente no K-Pop, pois quando um grupo ou cantor não produz as próprias músicas é dito como "Idol" mas se compõe e produz é conhecido como artista. Um exemplo disso é o grupo MAMAMOO, elas cantam músicas pop com o mesmo estilo dos outros grupos, porém os fãs coreanos dizem que elas estão acima do nível dos grupos Idols, portanto, existe essa relação de falta de talento ao termo "Idols".

É por isso que os Idols são sempre cobrados para serem perfeitos, e toda vez que um deles sai do padrão (engorda ou tem algum "defeito") é altamente criticado. Os Idols devem ser 'perfeitos', se envolver em escândalos significa dar adeus para a carreira artística. Qualquer "escândalo" pode fazer os Idols perderem seus contratos, perderem suas namoradas(os), amigos, e até se afastarem de suas famílias. É cobrado dos Idols que sejam perfeitos e bonitos como bonecos ou personagens de Animes e que se comportem "adequadamente". Futuramente faremos um post especial mostrando o quão absurdo são as criticas feitas pelos netizens coreanos, "20 provas que os internautas coreanos são uns puta babacas", aguardem (ainda estou juntando e traduzindo, é muita coisa).

Netizens**: Internautas, pseudo-críticos que ficam o dia todo na internet criticando tudo o que vêem.



Machismo e homofobia 
Quem acompanha as notícias do K-Pop já deve ter lido algo sobre a briga o rapper B-Free e os membros Rap Monster e Suga do grupo BTS. Tudo começou no dia 21 de novembro de 2013, durante um programa de rádio, Kim BongHyun’s Hip-Hop Invitational 1st Anniversary Broadcast, no qual o grupo BTS, o rapper B-Free e outros artistas do cenário Hip-Hop coreano estavam participando e discutindo sobre Hip Hop. Durante a transmissão, B-Free fez diversos comentários desrespeitosos para Rap Monster e Suga, sobre BTS e seu status de ídolos. Em um vídeo gravado por uma fã é possível ver que a conversa começa em tom de brincadeira, questionando se os rappers e integrantes do grupo – que também são ídolos do K-Pop – podem ser considerados da mesma cena de Hip-Hop que os demais rappers. O anfitrião do programa, aparentemente querendo gerar uma discussão mais profunda, pergunta a Rap Monster e Suga – os únicos integrantes presentes – o que eles achavam sobre o questionamento, Rap Monster tentou argumentar que mesmo um grupo Idol, com as roupas extravagantes e maquiagem pode ter elementos de Hip-Hop em suas músicas.  Então, o assunto mudou para a cultura “macho” do Hip-Hop, e surgiu uma dúvida sobre aplicar maquiagem e vestir-se para performances no palco, e se isso vai contra esta parte da cultura. Quando o anfitrião começa, “Ao colocar ‘boonjang’ [maquiagem ou disfarce para o palco]”, é interrompido por B-Free, que diz em tom de sarcasmo “Não, aquilo não é ‘boonjang’, é ‘yeojang’ [homens que vestem-se de mulher]”. E depois a discussão começou a esquentar resultando em vários insultos por parte do rapper B-Free que insinuava que os ditos "Idols" usavam maquiagem e roupas femininas seriam homossexuais e portanto não poderiam fazer parte da cultura do Hip Hop. Essa "briga" durou 2 anos, até que o rapper B-Free pediu desculpas através do twitter. Para ver mais detalhes do caso leia essa postagem.

Esse caso se popularizou devido a fama internacional do grupo BTS, pode até parecer um caso isolado mas não é. Essa discussão é frequente no cenário do Hip-Hop coreano, principalmente pelo fato de que muitos rappers underground deixam o cenários underground** para seguirem carreira em empresas mainstream de K-Pop, dos que fizeram isso, os mais famosos são: Zico (Block B), Miryo (Brown Eyed Girls), Le (EXID), Rap Monster (BTS), Yongguk (B.A.P), entre outros. Essa atitude é muitas vezes repudiada pelos demais rappers underground que consideram o ato uma forma "fácil" e fútil de ganhar mais dinheiro.

Rap Underground: rap urbano, geralmente tem letras mais pesadas do que o rap mainstream.

E por causa desse machismo e preconceito estúpido os Idols masculinos são constantemente alvo de questionamento sobre orientação sexual. Além do fato que o machismo também afeta as Idols femininas, que são sempre alvo de ridicularização e ofensas ligadas as suas vidas amorosas e sobre a imagem ""vulgar"" das membros de Girlgroups.


Atitudes não-pensadas e estúpidas
Como já dito anteriormente, os "Idols" são quase sempre jovens e adolescentes, eles geralmente passam por períodos de treinamento onde recebem aulas de canto, dança, interpretação, etc, geralmente sendo de 5 á 9 horas de treino por dia, esse período varia de acordo com o "talento" dos trainees. Porém, as maioria das empresas musicais coreanas como SM Ent, YG Ent, JYP, são conhecidas por terem longos períodos de treinamento que podem chegar de 3 até 10 ANOS.

A maioria desses trainees são adolescentes e largam a escola ou frequentam de forma inadequada, muitos são proibidos de terem contato com outras pessoas, isso inclui a proibição de namoro e até o contato com parentes que é tido como distração do treinamento. É compreensível que muitos dos Idols sejam imaturos e infantis tendo passado por tanta pressão psicológica justamente na adolescência, momento em que se é mais suscetível a desenvolver algum tipo de trauma. Toda via, esses fatos são ignorados por parte da mídia coreana (em especial a internet) e os fãs que teimam em julgar as atitudes tolas de muitos Idols adolescentes como se fossem adultos. É óbvio que não se pode usar a idade como justificativa para estupidez, porém na situação em que eles vivem é de se esperar que se sintam sufocados e acabem agindo ou falando sem pensar.

Muitos Idols postam na internet ou falam coisas idiotas em entrevistas, desde coisas machistas a preconceituosas, e até mesmo burrices por ignorância. Isso é frequente, você pode entrar em qualquer site de notícias de K-Pop e pesquisar "criticados" e verá a quantidade absurda de criticas raivosas sobre Idols. Devido ao grande número desses incidentes, os Idols acabam sendo estereotipados de burros e fúteis. Citarei algumas dessas situações na postagem "Piores Mancadas dos K-Idols", aguardem.

De qualquer forma, os "netizens" (internautas) coreanos são extremamente sínicos.. Estão sempre falando que certos Idols  "não merecem" a fama que tem  porque não são "bonitos o suficiente", e ainda pior, criticam e xingam quando são expostas provas de cirurgias plásticas. Ou seja, eles acham que alguém só pode ser famoso se for bonito, mas não pode ser superficial? .. Ora, é um pouco difícil exigir que uma pessoa que só consegue fama pela aparência não seja superficial, não? .. Se os próprios fãs são superficiais, os artistas apenas são o produto da "demanda popular". Se as pessoas escolhessem os artistas favoritos pelo talento e não pela aparência, talvez não existiriam tantos artistas fúteis, uma coisa leva a outra. Existem diversas postagens que falam mal dos Idols, principalmente fazendo comparações com modelos e atrizes, sempre afirmando que os demais artistas são "belezas naturais" enquanto os Idols são "belezas plásticas/falsas". Isso só mostra o quanto os "netizens" coreanos são sínicos.


Rotina escolar exaustivas e degradantes
A população jovem  coreana é uma das mais infelizes do mundo, os coreanos estudam 8 horas por dia. E apenas a partir de 2011-2010 (?) foi criada uma lei permitindo que eles ficassem em casa aos sábados (sim, eles estudavam aos sábados antes da lei). O ensino secundário coreano (deve ser o ensino médio deles, acho) é muito difícil, exaustivo e degradante. As pessoas coreanas até dizem que a universidade é mais fácil que o ensino secundário. Por isso é comum ver os jovens coreanos(as) estudando nos tempos livres e até virando noites para fazer o vestibular.

A taxa de suicídios na Coreia do Sul é uma das mais altas do mundo, onde diariamente 40 pessoas coreanas se suicidam, de acordo com as pesquisas do governo coreano, boa parte dessas pessoas são jovens estudantes que não conseguem alcançar suas metas e desistem de viver. Numa pesquisa feita com estudantes coreanos, 50% deles já admitiram terem pensado em cometer suicídio. A vida deles não é fácil. Porém, infelizmente, muitos deles usam essa cultura do esforço máximo para inferiorizar os outros (estrangeiros, no caso). Muitas pessoas coreanas dizem que a Coréia é um "inferno" e que um coreano(a) só pode ser bem sucedido se tiver nascido com uma colher de ouro na boca (nascer rico), já que geralmente os ricos vão para as melhores escolas e faculdades, garantem os empregos mais fáceis enquanto os pobres têm que virar as noites estudando para trabalhar em empregos exaustivos e abusivos. **Trecho repostado**

E o que isso tem a ver com os Idols? Bom, pelo simples fato que de você não precisa ser inteligente para ser um, muitas vezes nem precisa saber cantar (como já estamos cansados de ver no K-Pop), inclusive, como já citei acima, os Idols tem um estigma de futilidade (esteriótipos). Levando também em conta que a maioria dos Idols são jovens, começaram a treinar (aulas de canto, dança, etc) ainda na adolescência, muitos deles debutam antes de chegarem a maior idade coreana, que é 19 anos. A questão é que a maioria deles larga os estudos para ser um Idol, pois como já dito, a rotina escolar coreana é muito puxada e longa, é quase impossível "ser Idol" e estudar ao mesmo tempo. Por isso muitos coreanos consideram os Idols preguiçosos, por que a "vida de Idol" é mais fácil que a vida de um adolescente coreano normal.

Vou citar um exemplo de uma noticia que se tornou quase um "escândalo" há algum tempo. A maioria de vocês deve conhecer a Suzy do Miss A, sabem que ela ficou muito famosa depois de estrelar vários dramas. Pois então, junto com a fama chegaram as críticas, principalmente chamando ela de burra e fútil. Dezenas de postagens apareceram no fórum Pann (maior da Coreia), difamando a coitada, usando partes de entrevistas e até postagens para ridiculariza-la. Especialmente uma entrevista onde ela diz que dormia durantes as aulas e só acordava na hora de limpar a sala e ir embora. O irônico é o quanto ela foi criticada por isso e taxada de preguiçosas sendo que vários Idols masculinos já fizeram comentários parecidos e não foram criticados, pelo contrário, os internautas se 'identificavam' e afirmavam fazer as mesmas coisas (Machismo? magina..).

Obviamente parte das "críticas" são resultado de puro machismo e misoginia, pois as Idols femininas são mil vezes mais criticadas que os Idols masculinos, isso incluindo situações exatamente iguais como a que citei acima. (Tem bastante inveja junto também)


Idols arrogantes e estúpidos
É obvio que a vida dos Idols não é fácil, muitos deles falam coisas estúpidas por pura ignorância e "inocência". Não estamos aqui para julgar ninguém, mas tem certas coisas que nunca deviam ser ditas por ninguém, ainda mais por figuras públicas com tanta influencia como os Idols, vamos citar apenas algumas, veja abaixo algumas dessas situações (com a fonte da noticia também):

- IU é acusada de apologia à pedofilia pela letra de sua canção ‘Zezé’. Fonte: soompi. (tradução adaptada)
- Clara é acusada pela própria empresa de inventar assédio sexual para se livrar de seu contrato.  Fonte: sarangingayo. (título adaptado)
- Controvérsia de Tzuyu (TWICE) na China. Fonte: soompi(título adaptado)
Taeyong (NCT)  é acusado de fazer comentários preconceituosos, obscenos e racista em postagens antigas. Fonte: koreaboo(título adaptado)
- Seolhyun e Jimin do AOA recebem chuva de fogo critico por falta de conhecimento básico da História coreana. Fonte: soompi. (tradução adaptada)
- Jang Hyunseung é acusado de ter "problemas de atitudes". Fonte: soompi(título adaptado) PS: Eles deixou o grupo BEAST logo depois disso.
- Kemy (A.KOR) lança canção "diss" se referindo a Park Bom (2NE1). Fonte: sarangingayo.
- Fãs ficam chocados com os comentários racistas, homofóbicos e insensíveis de Shannon em seu V App. Fonte: inspirekpop.
- G-Dragon (BIG BANG) é criticado após postar foto supostamente relacionada à drogas em seu Instagram. Fonte: sarangingayo
Atriz de 13 anos, Kim Sae Ron, se envolve em controvérsia por supostamente fumar e beber. Fonte: soompi(título adaptado)
- Hyosung do SECRET é criticada por mal uso da palavra "democratização". Fonte: soompi(título adaptado)
- Kang Ji Young (KARA) é criticada por tirar foto com a cabeça fora dirigindo um carro em movimento. Fonte: soompi(título adaptado)
- Yuri (SNSD) é criticada e acusada de racismo por "imitar" homens afro-americanos. Fonte: soompi(título adaptado)
- Soyou do SISTAR é criticada por ser "fria, sem expressão ou entusiasmo". Fonte: sarangingayo(título adaptado)

Ao ler essas referencias vocês devem estar pensando que nós estamos sendo machista ressaltando mais as criticas a Idols femininas, porém não, escolhi as notícias mais comentadas e com mais repercussão e não é nenhuma coincidência que as críticas as mulheres sejam as mais populares, simplesmente elas são as mais criticadas, a maioria dos fãs, tanto homens quanto mulheres fazem críticas machistas e misóginas. Podem reparar também que parte dessas notícias não parecem 'polêmicas' nem controversas para nós, ocidentais, mas na cultura coreana é diferente, eles não são tão "abertos" e compreensivos como os ocidentais, basicamente, uma fagulha já é o suficiente para acender um incêndio. As que citei são as mais populares, não quer dizer que todas sejam "ruins", apenas enfatizem o fato que são criticas meio estúpidas e sínicas. E todos esses "escândalos" e "controvérsias" criam uma má fama em relação aos Idols.

Exemplo: Taylor Swift conhecida por trocar de namorados com grande frequência, se fosse uma Idol coreana já teria sido fuzilada pelos netizens coreanos.


Idols que abusam ou burlam a hierarquia de idade
Na Coreia do Sul, assim como na maioria dos países asiáticos existe a hierarquia de idade, que nada mais é que o respeito por pessoas mais velhas e experientes, quando dizemos "mais velhas" não referimos apenas aos idosos, mas a qualquer pessoa mais velha, pode ser 1 ou 2 anos á 1 ou 2 meses. Esse é um aspecto cultural seguido "a risca" na sociedade coreana, basicamente, se uma pessoa mais velha fala um coisa você não pode "retrucar" mesmo que não concorde. Desrespeitar os mais velhos é considerado uma falta de educação e 'desonra'. **Trecho repostado**

E que relação isso tem com os Idols?.. Bom, é que alguns Idols, (realmente são casos isolados), desrespeitam a hierarquia de idade, ou seja, muitos desrespeitam ou ofendem outros artistas ou apresentadores mais velhos. São casos realmente isolados, porém os poucos que acontecem já são o suficiente para criar má fama para os Idols, principalmente para os "rappers" de grupos do K-Pop.

Agredindo o coleguinha.. Que coisa feia

Toda via, acontecem situações contrárias, muitos Idols mais famosos e experientes abusam da hierarquia de idade, ridicularizando e humilhando os artistas mais jovens e inexperientes. Esses casos são mais comuns, especialmente quando se trata de apresentadores e Idols que se tornaram apresentadores. Os apresentadores do Weekly Idol são um exemplo disso, usam o pretexto de serem mais velhos para ridicularizar a imagem dos convidados mais jovens (Assholes).

Ou seja, em ambos os casos acaba se criando uma má fama dos Idols, tanto os mais experientes quanto os mais jovens.


Resumindo
Assim como qualquer artista de qualquer país, os "K-Idols" também são criticados e muitas vezes "mal vistos". Isso é normal em qualquer país, mas não quer dizer que seja certo, já que a maioria das críticas não têm fundamento e são puramente movidas por ódio, inveja, machismo. apatia e preconceito.

Nossa intenção com essa postagem é mostrar o quanto os Idols coreanos são criticados, principalmente sem motivos, e o quanto isso é estúpido e injusto. Realmente queremos passar uma mensagem aqui: K-Idols não são perfeitos! Apenas humanos, não são seres imaculados incapazes de errar ou blindados de qualquer críticas, eles são pessoas normais como qualquer um, erram e acertam. Por isso não é legal ficar reforçando ainda mais críticas negativas e sem fundamento. Se vocês acham errado a forma raivosa que os fãs coreanos agem, então não sejam como eles. O K-Pop está crescendo muito aqui no Brasil, pode não significar que vai ter grupos do K-Pop cantando em português, mas afirma que o K-Pop tem publico grande no Brasil e isso trás as turnês e shows para cá. Se acasos os fãs brasileiros se mostrarem ignorantes e fanáticos não serão "absolvidos" como os coreanos, pelo contrário, qualquer deslize pode afastar os artistas coreanos por anos, coisa que JÁ ACONTECEU. Então, vamos melhorar, people. Não façam papel de trouxa, porque o que mais tem por aí é close errado. Sejam fãs de verdade, curtam a música e não critiquem daquilo que não entendem, se for criticar mesmo assim, pelo mesmo pesquise primeiro para entender os assuntos, não vá pagar micão por ignorância, isso prejudica todos os fãs. Sejamos menos críticos e mais fãs.

E antes que alguém comece a encher o saco, "nem todos os fãs são assim ou assado", nós fizemos crítica direta aos fãs raiosos que criticam sem ter fundamento, se a carapuça serviu engole o choro e aceita que está errado. Todo mundo erra, nós também nos desculpamos quando estamos errados, ninguém é a prova de balas :)



E aí? A postagem foi explicativa? 
Deu para entender, pelo menos um pouquinho, o porque os Idols são mal visto? Comentem!
Tags:

0 comentários:

Postar um comentário

 
sample64

Seja nosso Afiliado

Clique aqui para se afiliar

sample41

Secret Brasil

Visite a fanbase brasileira do Secret.

sample42

N:sonic Brazil

Visite a fanbase brasileira do N:sonic.

sample41

Sensaciona -lismo do Kpop

Página de notícias/zuera do K-Pop .

sample43

A.KOR - 에이코어 Brazil

Visite a fanbase brasileira do A.KOR.

sample42

Joy Brasil

Visite a fanbase brasileira da Joy (Red Velvet).

sample43

Kim Yerim Brazil

Visite a fanbase brasileira da Yeri (Red Velvet).

sample42

Seulgi Brasil

Visite a fanbase brasileira da Seulgi (Red Velvet).

sample43

Kpop Tumblr

Página voltada para todo tipo de conteúdo de K-Pop.

sample42

Rua das Begônias

Blog sobre cultura pop japonesa e coreana.

sample43

Seja nosso Afiliado

Clique aqui para se afiliar.

sample64

Seja nosso Afiliado

Clique aqui para se afiliar.

Copyright © Hallyu Town | Designed by Templateism.com