• Aniversários do Mês

    Lista de Idols aniversariantes Veja aqui

  • Fandoms do K-Pop

    Lista de fandoms do K-Pop Veja aqui

  • Dicionário de K-Pop

    Mini-dicionário para Kpopper Iniciantes Veja aqui

  • Lado ruim do K-Pop

    Piores Aspectos do K-Pop Veja aqui

  • Musas do
    K-Pop

    Melhores Corpos femininos do K-Pop Veja aqui

  • TOP Abdômen

    Os Melhores ABS Masculinos do K-Pop Veja aqui

  • Existe Afro-descendentes na Ásia?

    Veja uma lista de celebridades 'Blasians'.

  • Curiosidades: Grupos e Solos

    Veja uma lista de curiosidades de 52 grupos e cantores do K-Pop.

  • A Lavagem Cerebral do K-Pop e outras mídias

    Veja um artigo disertativo sobre alienação de mídias (incluindo o K-Pop).

  • Estrangeiros no K-Pop (Idols que não são coreanos)

    Veja uma lista dos Idols do K-Pop que não são coreanos.

  • Coisas no K-Pop que você precisa se acostumar

    Lista de alguns aspectos que são comuns no K-Pop mas estranhos para os fãs ocidentais.

março 11, 2016

Coisas no K-Pop que você precisa se acostumar

Compartilhe & Comente

Quando você tem um blog de K-Pop as pessoas interpretam que você é uma Wikipedia da Coreia/K-Pop. Acham que a gente sabe de tudo e quando não sabemos responder as perguntas deles, já começam a discussão boba "como você tem um blog de K-Pop se não sabe sobre tal coisa?". Mas gente, ser fã não é ser uma enciclopédia ambulante, a gente não sabe de tudo não, nós somos apenas um blog que fala sobre K-Pop, se você quiser tirar dúvida de alguma coisa é melhor procurar no google, que é muito mais "confiável", só que não. Porém, como nós somos "boazinhas" (depende da ocasião) decidimos fazer essa postagem para mostrar os aspectos comuns do K-Pop que podem parecer estranhos (para nós ocidentais), os quais quem está começando precisa se acostumar. E que fique claro, vai ter assuntos muito sérios aqui, antes de reclamar que misturamos coisas sérias com tosquice, sabia que toda moeda tem dois lados, nós vamos expor os dois, entenda isso antes de comentar, okay?


OBSERVAÇÃO: Gente, por favor, antes de comentar que não explicamos direito, saiba que essa postagem é apenas para apresentar o tópicos e não necessariamente para "explica-los". Nós vamos sim tentar explicar, só que a maior parte deles são coisas culturais da Ásia, se você não consegue entender que existem culturas diferentes então nem adianta tentar entender os tópicos desta postagem.

AVISO
Postagem enorme, salve nos favoritos e leia em etapas.

Dicionário:
- Idol: Vem do inglês e significa "Ídolos", no K-Pop, porém, faz menção á cantores populares entre os adolescente, e que geralmente tem canções mais "leves" para o público jovem.
- Debut: Em inglês significa "Estréia", no Kpop tem o mesmo sentido, quando alguém se refere ao "Debut" de algum artista coreano, está mencionado a estréia do mesmo nos palcos (Apresentações em programas músicas, showcase, ou show solos).
- Comeback: Em inglês significa "Volta" ou "Retorno". No Kpop também tem o mesmo sentido, é quando um artista lança algo novo e retorna aos palcos.
- Fandom: De origem inglesa (Fan Kingdom), que se refere ao conjunto de fãs de um determinado programa da televisão, pessoa, artistas ou fenômeno em particular. 
- Sasaeng (사생팬): Sasaeng vem de “sasaenghwal” (사생활, vida privada). O termo é usado para denominar fãs de algum artista que pesquisam tudo sobre eles e muitas perseguem esses artistas, se entrometendo na vida privada deles. Os sataek são táxis alugados pelas fãs sasaeng que as ajudam a perseguir os ídolos e que as acompanham nas suas investigações durante o dia. Basicamente, são fãs "stalkers", que querem saber tudo sobre a vida seus ídolos.


Veja mais dessas frescuragem de termos do K-Pop no nosso post: Mini-dicionário para Kpopper Iniciantes.


Idols limpando o nariz e usando máscaras

 

Vou começar por uma bobeirinha, mas que é comum no K-Pop. Primeiro, você verá muito os Idols limpando o nariz em programas e em fotos mesmo, isso porque a Coreia é um país muito frio e úmido, esse clima faz com que o nariz escorra muito (aquela "águinha"). 

Já as máscaras são algo quase cultural em toda a Ásia. Se você estiver gripado, tem que usar máscara para não contaminar outras pessoas, caso você não esteja usando, ninguém se aproximará para não se contaminar. Também, existe muitas pessoas alérgicas a pólen e poeira, então eles usam máscaras, principalmente na primavera. Mas, mesmo pessoas que não estejam doentes ou não tenham alergias usam máscaras para se prevenirem de doenças contagiosas, especialmente durante algum tipo de surto viral.

Na primavera o motivo comum, seriam as alergias ao pólen. No verão o uso de máscaras é para a prevenção de doenças comuns nessa época como viroses. No outono e inverno, as máscaras são usadas para a prevenção de gripes ou simplesmente para proteger o rosto do vento ou do frio. Enfim, em todas as estações há um bom motivo para se usar máscaras cirúrgicas descartáveis.

As máscaras cirúrgicas descartáveis são usadas em quase todos os países asiáticos-orientais, Japão, China, Coreia do Sul, etc. 

Texto de auxilio: Curiosidades do Japão.


Super influencia do Japão
Se você já era fã de música japonesa antes de conhecer K-Pop já vai saber do que este tópico se trata.. Bom, o K-Pop é uma versão mais "ocidental" do J-Pop (Pop Japonês), essa é a mais pura verdade. Toda vez que algo faz sucesso no Japão, o K-Pop corre e copia e taca um temperinho "ocidental" em cima, pode ser no conceito visual ou no gênero musical (usar estilos americanos tipo R&B, Hip-Hop, Eletrônica, etc). Na verdade isso é quase uma questão politica, uma vez que nos anos 90 o pop e rock japonês atraia muito o público jovem coreano, porém os produtos japoneses não eram comercializados na Coreia, uma vez que começaram a ser vendidos o governo coreano assumiu que isso poderia ser um problema, que a música japonesa poderia influenciar os jovens coreanos a gostar da cultura japonesa e abdicar da cultura coreana, por isso o próprio governo e a mídia coreana investiram em filmes, séries, músicas e todos os produtos nacionais para chamar mais atenção dos jovens e "impedi-los" de ouvir música japonesa. Tanto as músicas como os filmes e séries coreanas eram apenas versões em coreano do que já era popular no Japão e isso se estende até hoje. Mesmo assim boa parte dos jovens coreanos preferem música japonesa, principalmente o Rock (J-Rock). Então se você ver algum fã de música japonesa falando mal do K-Pop se lembre da falta de originalidade coreana e que é este o motivo de tanta desavença entre os fãs dos dois estilos.

Você verá com certa frequência os grupos e artistas do K-pop sendo acusados de plagiar conceitos ou músicas japonesas, em alguns casos é pura coincidência, mas a maioria é plagio mesmo.


O programa coreano 'Produce 101' está sendo acusando de copiar o programa japonês 'AKB48 Show!'.


K-Pop no mercado japonês
Ia colocar junto com o tópico acima mas achei melhor separar, poque é muita coisa. 


Muito grupos do K-Pop tem carreira japonesa (cantam em japonês), a maioria deles nem sequer sabem falar japonês fluentemente, mas estão lá se apresentando dublando em japonês (vários Idols coreanos odeiam os japoneses, mas isso é outra questão cultura, é assunto para outra postagem). Pois, assim como a música japonesa se tornou popular na Coreia, a música coreana também se tornou popular no Japão (mas comparando, música japonesa ganha).

É completamente comum você falar que tal grupo vai "fazer debut no Japão", ou seja, lançar carreira no Japão, isso porque existem muitos fãs de K-Pop lá. Muitos grupos e cantores coreanos são mais famosos no Japão do que na Coreia e muitos até "largam" a carreira coreana para apenas promover no Japão, podemos até citar vários exemplos: Apeace, U-Kiss, After School, BoA, TVXQ, KARA, SHINee, SNSD, BIG BANG. Muitos desses grupos tem mais músicas em japonês do que em coreano, uma vez que o mercado musical japonês é maior, consequentemente, eles lucram mais lá, então lançam mais músicas no idioma.

A grande responsável pela popularização da música coreana no Japão foi a cantora BoA (보아) que desde 2001 tem carreira fixa no Japão e já lançou uma montanha de música em japonês, inclusive já teve várias músicas tocadas em Animes japoneses como Inuyasha e Fairy Tail.

Veja também nossa postagem: K-Pop em Animes.

O grupo TVXQ (DBSK) também fez uma legião de fãs japonesas, tanto pela música quanto pela "beleza" dos membros do grupo que se assemelhavam a personagens de animes (acho que foi mais pela beleza mesmo).



Falta de originalidade 
Não que o Pop ocidental seja muito original, mas temos que concordar, a maioria dos artistas do K-Pop não são originais, se você ouvir um "mini-álbum" de qualquer grupo de K-Pop e tiver o mínimo de conhecimento de música americana vai perceber que eles copiam descaradamente várias músicas dos USA. Existe um monte de plágio (plágio mesmo, com a sequência de acordes igual e tudo mais) no K-Pop e nos casos menos sérios, copias descaradas, músicas extremamente parecidas com outras mas com umas poucas diferenças para não ficar muito na cara. Existe uma tonelada de músicas coreanas acusadas de plágio, estou com preguiça de citar, então vou deixar uns links de matérias pra vocês mesmos olharem: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10. Isso porque esses links são apenas plágios musicais, se for contar os plágios visuais essa postagem não teria fim. 

Existem também as regravações autorizadas, nós já litamos algumas no nosso post: Músicas regravadas no K-Pop e você podem ver mais regravações nesses vídeos (1 e 2).

E você acha que é apenas aos americanos que eles copiam? Não, tem artistas coreanos que plagiam outros artistas coreanos também.

E claro que também tem um monte de artistas internacionais que plagiaram musicais do K-Pop, mas isso não se encaixa nessa postagem (assunto para outra).

Pela falta de originalidade todo ano várias músicas do K-Pop são acusadas de plágios, então se acostume a ver vários grupos de K-Pop sendo acusados de plágio.

Os produtores coreanos são apaixonados pela Britney Spears ou é impressão minha?


Vídeos e conceitos bizarros ou macabros 


O mercado musical na Ásia é muito grande, diversificado, dinâmico e em constante mudança. O Japão, por exemplo, tem o maior mercado musical do mundo, maior até que o americano (Estados Unidos). A questão é que mercado musical asiático tem muitos artistas, muitos mesmo, são milhares, entre cantores, grupos, bandas etc. E por causa desta quantidade imensa artistas, os conceitos e músicas ficam enfadonhos, monótonos, cansativos, pois toda vez que surgia uma nova tendencia, todo mundo copiava e ficava tudo igual. É por isso que de acordo com os anos o Pop asiático, consequentemente, o K-Pop, foram ficando cada vez mais diversificados, os artistas procuram usar vários gêneros musicais, estilos e conceitos diferentes para chamar mais atenção do público. E por influencia da moda ocidental e da cultura dos animes, os vídeo clipes foram ficando cada vez mais coloridos e fashions, mas com o tempo apenas isso já não chamava mais atenção, então a coisa evoluiu para conceitos MUITO exagerados, que são, obviamente, puro marketing, um visual extravagante prende mais a atenção do que uma música boa e você verá isso constantemente no K-Pop, tanto quanto no resto do pop Asiático.

Já em relação a coisas macabras, é bem comum ver vídeo clipes sombrios e até macabros, isso porque a cultura do Terror é muito difundida na Ásia, inclusive, os filmes de terror japoneses são considerados os melhores do mundo pelos críticos de cinema. Então se você assistir vídeo como Voodoo Doll do VIXX e achar que é muita coisa para sua cabeça, saiba que tem coisa muito mais macabra por aí (J-Rock, por exemplo).


Veja também nossa postagem: 11 Conceitos Mais Ridículos e Bizarros do K-Pop.


Fotos estranhas e photoshoot macabros 


Como a gente já disse no tópico acima, o K-Pop tem uma influencia muito grande da moda ocidental e se você abrir qualquer revista de moda vai reparar que as fotos são no mínimo estranhas (Bizarre is the new fashion). E como muitos os artistas do K-Pop também são modelos e posam para revistas de moda coreana, é comum ver umas fotos bem tensas. É melhor mostrar do que tentar explicar, né?

 

 

 

 

 


Selcas (selfies) de Idols fazendo caretas

 

Na verdade isso é uma "moda" das redes sociais coreanas, começou tem uns anos quando uma guria coreana aí postou um vídeo fazendo careta e a tosquice teve milhares de visualizações na Coreia e varias pessoas começaram a imitar. Já no K-Pop os primeiros a aderir a moda foram os membros do grupo Block B, depois outros Idols se juntaram, daí em diante virou moda tirar fotos fazendo caretas entre os Idols.

Veja algumas das "melhores-piores" selcas:

 

 

 


Programas coreanos e seu humor duvidoso
Desde que o mundo é mundo os "programas de humor" não são tão engraçados assim (a maioria não tem graça nenhuma). Na Coreia não é diferente, os programas coreanos são sempre salpicados de "humor" sádico, sempre tirando saro ou ofendendo os participantes como se fosse algo engraçado (para nós não é engraçado, mas vai ver para eles é). A gente acha programas coreanos como Star King e Weekly Idol insuportáveis e sem graça, tem gente que gosta, mas a maioria dos fãs ocidentais detestam. 

Quem já assistiu um programa coreano com Idols, já deve ter percebido que eles são usados como palhaços em "programas de variedades". Até aí tudo bem, os artistas sempre sofrem pegadinhas em programas de TV, até aqui no Brasil é assim. Porém, existe um limite entre o engraçado e humilhação. Infelizmente é esse o conceito desses programas, um humor escroto e rude. Certas coisas como tirar sarro (zuar, tirar onda com a cara) de pessoas feias ou gordas, jogar coisas em outras, bater/dar petelecos na cabeça dos outros ou na própria cabeça como forma de punição não soa muito engraçado para mim, não sei quanto a vocês.. É óbvio que eles não estão batendo de verdade, mas mesmo assim, o quê tem de divertido/engraçado nisso?

 

 

 

Nós já citamos isso em Piores Aspectos do K-Pop.


Hierarquia de idade
Eis aqui uma questão cultural, a gente vai tentar explicar de uma maneira que todos entendam..

Na Coreia do Sul, assim como na maior parte dos países da Ásia, existe a Hierarquia de idade, que nada mais é se não o respeito por mais velhos. Daí vai vir algum idiota comentar: "mas também tem isso no Brasil, só posso chamar minha avó de 'senhora'", por favor gente, entendam que a nossa cultura é completamente diferente da deles, aqui no Brasil você chama sua avó de "senhora" porque ela pediu para você, mas na Ásia se você chamar alguém mais velho pelo nome você não estará apenas desrespeitando a pessoa, mas a cultura do país também. Aqui no ocidente respeitar os mais velhos é uma "gentileza", você faz se quiser, por "educação" ou porque a pessoa te pediu, porém na Ásia é obrigatório, se você não tratar os mais velhos inadequadamente vai sofrer com as consequências (tipo uma voadora na cara). E quando falamos de "mais velhos" não nos referimos apenas as pessoas idosas, mais qualquer um mais velho, pode ser 5 anos ou 5 dias, você terá que tratar a pessoa formalmente até que ela ou ele te dê autorização para falar informalmente. 

Veja alguns exemplos da hierarquia de idade entre os Idols do K-Pop:
• Em 2015 uma discussão entre duas Idols virou escândalo na mídia coreana. Kim YeWon, ex-integrante do extinto grupo Jewelry e a atriz Lee TaeIm que brigaram durante a gravação do programa Tutoring Across Generations. A Taeim é mais velha e ficou puta de raiva porque Yewon estava falando "informalmente" com ela. Veja aqui a matéria.
• O GOT7 participou do programa "The Qmentary", onde foram perguntados qual era o membro "mais louco" e eles responderam Yugyeom, "Porque ele briga com os membros mais velhos".

Poderia citar mais coisas, mas tô com preguiça de pesquisar e traduzir.. Comentem aí se lembrarem de mais casos parecidos.


Apresentadores ignorantes
Novamente se encaixa na questão cultural.

Como já falamos no tópico acima, existe uma hierarquia de idade na Coreia, isso é da cultura deles. Por isso é comum nos programas coreanos os apresentadores, que geralmente são mais velhos, tratarem seus convidados como rispidez ou ignorância. Isso porque os mais velhos não tem obrigação de serem educados com os mais novos, eles só o fazem se estiverem a fim (o quê só acontece se a pessoa for muito famosa ou se for uma guria considerada "gostosinha" pelos coreanos). Nos programas coreanos de humor é normal ver os MCs (apresentadores) mandando os convidados calarem a boca ou mandando eles falarem mais se estão muito quietos, de uma forma pouco gentil, realmente "mandando" como se fossem donos deles. Para nós é muito ríspido, porém é comum na Ásia e na verdade no resto do mundo também, os apresentadores americanos, por exemplos, também são muito ignorantes. Toda via, essa "ignorância" é considerada uma atitude engraçada nos programas, se você prestar atenção vai perceber. 

Se um dia você estiver na Coreia do Sul e um ajusshi ou ajumma (senhores ou senhoras) esbarrar em você, mesmo que com força, te faça derrubar suas coisas ou te machuque, simplesmente não espere que eles se desculpem, pois eles vão continuar andando como se você nem existisse, quase nunca ou nunca vão pedir desculpa, se você for estrangeiro ainda, esquece. 


Endeusamento do padrão caucasiano e ódio aos ocidentais (quê?)
Eis uma questão cultural, a gente vai tentar explicar da maneira mais simples possível para que todos entendam..



Os coreanos cultuam o padrão de beleza caucasiano (BRANCO), pele clara, olhos grandes, nariz fino (com ponte longa), rosto fino, etc. Porém, eles tem 'ódio' dos ocidentais, principalmente dos americanos (nascidos ou criados nos EUA - Estados Unidos da América). 

Você vai ver em vários vídeos do K-Pop, filmes coreanos, anúncios e etc, várias mulheres (e poucos homens) caucasianos, BRANCOS, na maioria loiras(os), sempre sendo endeusados e retratados de uma forma bem sensualizada (FETICHE). Porém vai ver com frequência os coreanos falarem que não gostam de ocidentais, não querem se casar com ocidentais ou que os pais deles os proibiram de casar com ocidentais. Isso porque os ocidentais são apenas um fetiche para os coreanos, as mulheres são apenas objetos de prazer (putas, prostitutas) e os homens são quase a mesma coisa, mas muitas coreanas querem casar com estrangeiros para poder ter dupla cidadania e ir embora da Coreia (as próprias coreanas querem fugir da Coreia e as fãs ocidentais retardadas quem ir para lá, shsausua) e claro ambos os casos estamos nos referindo a gente branca, uma vez que na Ásia, "pele de porcelana" é o padrão de beleza máximo. Eles assemelham pele escura a pessoas pobres que trabalham na roça, ou seja, pegam sol o dia inteiro, então qualquer um com pele escura é considerado feio, toda via, boa parte dos coreanos tem naturalmente pele escura e fazem clareamento para ficarem mais claros. Porque será que a Coreia tem uns dos maiores índices de suicídio no mundo, néah?

Agora me diz que alguém que chama o Seo In Guk de feio só porque tem pele escura, não tem problema mental?

- Mas eu sou branquela e anoréxica se eu for para a Curéia das maravilhas os coreanos não vão gostar de mim? Vão lamber seus pés até. Mas se tu não falar coreano fluentemente.. ai, coitada... os olhos azuis não vão adiantar (ou sim, vai saber).

Contudo, é uma questão de respeito e educação. Um exemplo: Se você for negro(a) e for para Ásia as pessoas vão te estranhar, principalmente pela ignorância em relação ao "desconhecido", já que a maioria deles nunca viu um negro de perto na vida. Mas se você for educado e tratar os outros com o mesmo respeito que você quer se tratado, com o tempo as pessoas vão gostar de você. Porém se você desrespeita-los, mesmo sendo uma gisele bündchen da vida, eles não vão ir com a sua cara, dependendo do que você falar, vão até te xingar ou brigar. Principalmente se você for do tipo de retardado que chega para um asiático(a) e peguntar porque eles não abrem os olhos. Sério, não faça isso.


Jogos e competições estanhas



Até nos programas os coreanos copiam os japoneses.. Os programas japoneses são super bizarros, como você já deve ter visto por aquele vídeo das baratas (veja os mais bizarros aqui) e claro que muita gente copia o estilo de programa deles, não apenas os programas dos outros países da Ásia, mas os programas ocidentais também têm copiado os japoneses. Então tem muita coisa bizarra e estranha nos programas coreanos também, pode variar desde "brigas" de pernas, competição de quem come mais ou mais rápido, jogo de "passa carta" e até quebrar palitos com a bunda.


 



 


Reações exageradas
Na maioria dos "programas de variedades" os Idols do K-Pop são os "convidados", eles sempre fazem reações e caretas super exageradas, mesmo quando a ocasião ou  piada não tem nenhuma graça, o que é a maioria dos casos. É assim mesmo.

 


Idols comendo 


Se você vive neste planeta chamado Terra, deve saber que os asiáticos comem de boca aberta e fazendo barulho (se não sabia agora sabe). Então, quando ver programas e entrevistas com grupos coreanos ou assistir filmes e séries coreanas já saiba que verá as pessoas comendo de boca abertas fazendo barulho e abrindo muito a boca (chega ser meio estranho, se é que você me entende ( ͡° ͜ʖ ͡°)). Veja as cenas as dos gifs abaixo para entender:



 

 



Bullying


Nós temos visto uma quantidade grande de Idols deixando seus grupos, em ênfase, os chineses, que alegam serem vítimas de Bullying e maus tratos de seus colegas coreanos. Um exemplo recente, é o TaeHyun do grupo WINNER que foi acusado de cometer bullying na época em que estava no ensino médio, da mesma forma que muitos outros Idols (estou com preguiça de citar mais exemplo, comentem aí alguns). Além do maior e mais conhecido caso de Bullying do K-Pop: Hwayoung, que deixou o T-Ara, apesar de ninguém saber bem dos detalhes do ocorrido. Muitos acreditam que ela atenha sido vítima de bullying, ainda que todos formaram suas opiniões em cima de rumores baseados nos que os fãs viam em entrevistas e outras mídias, até hoje não se tem nenhuma informação verídica sobre o caso. Ainda sim, repercutiu muito e aumentou as discussões sobre Bulllying entre os membros de grupos Idols.

Infelizmente não é possível descrever esse tema abertamente já que a maioria das notícias de Bullying no K-Pop se baseiam apenas em rumores que não são muito confiáveis. 

Não estamos acusando ninguém, mas esses gifs abaixo realmente parecem exemplos bullying:




Anti-fãs, Internautas raivosos e Sasaengs
Mesmo em pleno o século XXI ainda vivemos em uma sociedade extremamente racista, machista e homofóbica. O pior de tudo é que a internet vem criando um tipo de público raivoso e ignorante que usa do anonimato para espalhar ódio e estupidez para todos os lados, sem ao menos pensar que estão magoando outra pessoa e até cometendo crimes (racismo, homofobia, discriminação e ofensa são crimes de acordo com a legislação da maioria dos países democráticos).

Um artista (ator, cantor, qualquer coisa) não pode fazer nada sem ser julgado e xingado pelas redes sociais. Eu gostaria de encontrar pessoalmente esse tipo de pessoa para poder perguntar: Se você não é fã, por que se importa? O que te dá direito de criticar uma música se você não comprou o álbum?  O que te dá direito de criticar um programa se você nem o assiste? 

Essa é a questão: as pessoas metem o bedelho onde não são chamados. Por que as pessoas se importam tanto com a vida alheia? O que estão ganhando em criticar os outros na internet? Se você não tem nada útil para fazer com seu o tempo livre vá ler um livro, vá estudar, trabalhar, fazer qualquer coisa útil, porque bancar o idiota na internet é coisa de gente desocupada.

Sem contar com as sasaengs (fãs stalkers) que perseguem seus ídolos e invadem a vida pessoal deles, muitas até perturbam os seus amigos e familiares atrás de informações sobre a vida amorosa do Idols.

Observação: algumas Sasaengs ganham dinheiro de fã sites para tirar fotos exclusivas dos Idols.

Veja também: Sasaeng Fans, eles são um problema?
Veja também: K-Pop e o grande problema dos Anti-fãs.


Fãs obcecadas que fazem loucuras por seus Idols
Quando falamos de fãs obcecadas, não estamos falando dos que compram CDs, assistem todos os concertos e programas, estamos falando sobre as fãs psicopatas que fazem coisas loucas para chamar a atenção de seus ídolos favoritos. Essas fãs vivem em torno de suas celebridades favoritas o tempo todo e fazem coisas malucas para serem 'notadas' por eles. Algumas fazem apenas coisas exageradas e outras fazem verdadeiras maluquices.

Veja alguns exemplos de coisas exageradas feitas por fãs de grupos do K-Pop:
• Fãs do Seventeen compraram e batizaram cerca de 6 estrelas com nomes dos membros do grupo. Link da notícia
• Fã arrasta Taeyeon do Girl's Generation para fora do palco. Vídeo
• Fã grita para os membros do 2PM não esquecerem o nome dela. Vídeo
• Fã usa máscara para assustar Park Jungmin. Vídeo

Agora veja alguns LOUCURAS feitas por fãs de grupos do K-Pop:
• Fã enviou carta com sangue de menstruação com uma pitada de pêlos pubianos para o Taecyeon do 2PM. Link da notícia
• Fã corta os pulsos, escreve carta com o sangue e envia para Lee Joon (ex-MBLAQ). Link da notícia
• Fã corta os dedos, escreve carta com o sangue e envia para Hongki (FT ISLAND). Link da notícia
• Fã envia carta para G-Dragon com sangue do pescoço e pulso. Link da notícia
• Fã aproveita corte na perna e escreve carta com sangue para o Super Junior. Link da notícia
• Fã joga plaquinha de LED no rosto do Heechul (Super Junior). Link da notícia
• Ingressos para show do Super Junior acabam e fãs dão a louca (há rumores de morte) Link da notícia.



Falta de talento dos Idols
É difícil achar um cantor ou cantora que realmente cante bem ao vivo e nem vamos falar de artistas que compõe as próprias músicas, porque são raríssimos. O fato dos Idols serem tão populares na Ásia faz com que a procura por eles seja enorme. Existem milhares de grupos e mesmo que não sejam conhecidos eles têm fandoms e careiras fixas. E é claro que nessa enorme quantidade de Idols, nem todos sabem fazer algo que presta. A maioria deles conquista fama pela beleza ou por polêmicas e os pouquíssimos com real talento quase nunca conseguem reconhecimento, os que conseguem se esforçam muito para isso.

O esforço de alguns Idols também deve ser levado em consideração, mesmo aqueles que não tem de fato talento algum se esforçam tanto que acabam aprendendo a serem bons em alguma coisa e talvez isso seja ainda mais merecedor do que já ter um talento nato. Em contraponto, há vários artistas talentosos que esnobam outros artistas apenas por se destacar um pouco dos demais e isso também parece tão errado quanto conseguir fama a custo de beleza ou outros artifícios supérfluos.

A questão é que os fãs sabem que eles não tem talento, mas gostam mesmo assim e qual é o problema nisso? Se a pessoa gosta, é a opinião dela, ninguém é obrigado a concordar. Ninguém escuta bandas de rock pelo potencial vocal dos vocalistas e nem musicas eletrônica pelo sentido da letra. Será que não é possível simplesmente ouvir e curtir a música de boa?

Veja também: A voz é realmente vital no K-Pop?


Idols que cantam mal, muito mal


Se alguma vez você assistiu uma entrevista com algum grupo e o apresentador pediu para o "vocalista principal" cantasse e quando ele abriu a boca sua primeira reação foi “Mas que po**a é essa? Até eu canto melhor que isso”, não fique com vergonha você não é a única, quase todo mundo tem a mesma reação. O K-Pop está cheio de gente que não sabe cantar e muitas vezes nem é culpa deles.. Se você assistir algum reality show coreano e ver como os "professores de canto" ensinam vai entender porque os Idols cantam tão mal.. Parece que os caras não sabem po**a nenhuma de canto, eu fico até tentada de enviar um desses vídeos para um fonoaudiólogo só para ouvir um discurso sobre como eles ensinam errado. Não é a toa que os Idols do K-Pop dublem quase que o tempo todo. 

Só para você ter uma noção de como os vocalistas do K-Pop são ruins, nós vamos deixar essa Playlist para você ouvir, são 7 vídeos de compilados das vezes em que os Idols desafinaram, se juntar todos os vídeos dá mais de uma hora (xejuis). 

A gente sabe que todo mundo desafina, mas no K-Pop quase todo mundo desafina em todas as apresentações, assim não dá. MC Melody pode entrar pro kapop se tentar.


Grupos e artistas dublando quase o tempo todo


Quase todos os grupos e artistas do K-Pop dublam (Lip Sync), mas não apenas quando a coreografia é difícil, porque tem gente dublando em música lenta também.

A coisa do Lip Sync é tão grande que os fãs de K-Pop criaram um programa chamado "Mr Removed", MR é de Music Recorded (música gravada, ou seja a melodia) e 'remove' (remover), esse programa remove o backvocal e a melodia principal da música para que os fãs saibam se eles estão dublando ou não (na maioria das vezes eles estão dublando mesmo). Inclusive, existe vários canais no youtube que apenas postam apresentações com "Mr Removed", veja alguns nos links: 1, 2, 3, 4, 5.

Veja aqui um compilado de Lip Sync (dublagem) mal feito (não sabem nem dublar direito, oxi).

Nota: O grupo Girl's Generation foi muito criticado depois que foi revelado que elas estavam dublando em um programa musical. Porém, não era apenas um MR (Music Recorded - música gravada) comum, era um "Live MR" que é uma música gravada anteriormente para imitar um desempenho real ao vivo. Isto significa que vai parecer que elas estão cantando ao vivo, mas na verdade estão apenas dublando. Link da matéria.


Esse exercício: 


Todos os Idols fazem isso, não tem um que não tenha feito. É um simples exercício de alongamento, só que meio estranho para nós estrangeiros já que não é muito comum aqui no ocidente. Eu mesma já frequentei academia e nunca vi alguém fazendo isso.



Idols machucados o tempo todo
Todo mundo se machuca, mas no K-Pop a frequência é muito maior, as vezes pode ser uma simples torção, escorregão resultando em algum osso quebrado, até acidentes de carro e coisas mais graves. 

As coreografias também são muito difíceis e é comum que os Idols tenham torções ou vergões (manchas) por causa dos treinos de dança que geralmente duram 9 ou mais horas por dia. Inclusive, se você pesquisar "kpop bruise" no google imagens verá várias fotos de Idols com manchas e machucados.

PS: As membros do After School ficaram com as pernas e mãos todas lascadas quando aprenderam pole dance.

É claro que essa frequência é explicável, existe uma quantidade imensa de grupos e cantores, sendo assim, maior será a probabilidade de alguém aparecer machucado. Então se acostume a ver os Idols com pernas, braços, mãos, dedos,  e etc enfaixados.


 

 


Você também verá com certa frequência, Idols com orelhas enfaixadas, isso porque a maioria deles, principalmente membros de boygroups usam muitos piercings nas orelhas e as vezes os buracos infecionam ou rasgam (daí eles tem que fazer cirurgia).




Idols plastificados e fotos "pre-debut"


A maioria dos Idols do K-Pop fazem cirurgias plásticas antes de estrear. E parem de dizer que isso é exagero pois não é. O meio musical coreano é muito acirrado e eles precisam chamar a atenção do público a qualquer custo. E principalmente porque os "Idols" são o fetiche da maioria dos coreanos(as), aquilo que eles querem ser ou desejam. Os Idols são cobrados para serem perfeitos, eles não podem engordar pois são "Idols", não podem namorar pois são "Idols", não podem cometer qualquer erro pois são "Idols". Sendo assim a pressão para que eles sejam perfeitos faz com que a maioria se submeta a cirurgias plásticas para "garantir" carreiras bem sucedidas. E nem sempre fazem antes de estrear, muitos as vezes fazem depois de vários anos de carreira, geralmente fracassada. Uma simples (ou drástica) mudança de visual é o suficiente para conquistar fama e amor do público. O Brown Eyed Girls é um exemplo disso.


O início da carreira do Brown Eyed Girls foi um fracasso, originalmente comercializado como uma versão feminina do Brown Eyes (grupo masculino que já era muito famoso na época), porém a fama de "versão feminina do Brown Eyes" não foi o suficiente para alcançar sucesso e as vendas do BEG não correspondem às expectativas (nem chegaram perto do que o Brown Eyes vendia na época).

Justo ou não, a aparência foi uma das questões debatidas sobre o fracasso grupo, "Elas não eram bonitas o suficiente", muitos diziam, "Elas não foram quentes, nem sexy, simplesmente", outros ressaltavam. No entanto, elas queriam avançar a sua carreira musical a qualquer custo. Só então, depois de inúmeras cirurgias plástica elas receberam mais atenção e se afirmaram símbolos sensuais em "Abracadabra". O Brown Eyed Girls, assim como muitos outros grupos ídolos femininos, sabiam que só uma melhoria da aparência poderia ajudá-las a consolidar suas carreiras.

Todas as Idols sabem que em um mar de bonitas celebridades momentâneas* que fazem sucesso por sua beleza, as "desprovidas de beleza" precisam de cada realce (cirurgias, roupas, maquiagem, etc) para ficar no topo e prosseguir com suas carreiras.

- Celebridades momentâneas* pessoas que fazem sucesso por causa de uma foto ou vídeo (fancam), mas não passam disso (fetiches ou apenas belezas plásticas sem talento).

Sendo assim, é comum ver fotos comparando o antes e depois das cirurgias, essas são as fotos "pre-debut", "pre" significa antes, "debut" é a estreia, portanto pre-debut é antes da estreia. Essas fotos na maioria das vezes só servem para mostrar o quanto os Idols eram "feios" antes das cirurgias ou que eram mais bonitos que todo o resto (os que nascem com o c* virado pra lua)


Idols usando maquiagem o tempo todo

Minah (Girl's Day) Chanyeol (EXO)

Como já dito anteriormente, os Idols são cobrados para serem perfeitos em tudo, principalmente na aparência. Toda vez que um Idol é fotografado sem maquiagem e "feio", automaticamente será super criticado, porque os "Idols não podem ser feios".

Então se acostume a ver notícias como:

Não é a toa que os Idols usem maquiagem o tempo todo e photoshopem as próprias fotos.


Idols elogiados pelo tipo sanguíneo


No Japão, Coreia do Sul e Taiwan existe uma crença popular que o tipo sanguíneo tem relação com a personalidade da pessoa (veja aqui nessa postagem).

É comum ver o tipo sanguíneo em todos os perfis de Idols do K-Pop e por mais estranho que pareça, vários Idols são "elogiados" por seu tipo sanguíneo (tipo O).



"Tipo ideal"
Você sempre verá os Idols do K-Pop (homens e mulheres) falando sobre seus 'tipos ideais' e citando nomes de outros artistas coreanos, obviamente são quem eles gostam ou querem namorar/pegar. Então se acostume a ver os Idols falando de tipo ideal em quase todas as entrevistas, e principalmente, falando merda tipo "gosto de guria tímida que cozinhe e não use roupas curtas".. arrgh.

E sempre citando outros artistas coreanos, quando citam estrangeiros os fãs não gostam. Tipo o Kevin do U-Kiss, que disse que seu tipo ideal era a Beyonce (muito exigente, não?) e as fãs reclamaram até ele citar uma artista coreana.


Membros de Boygroups travestidos ou dançando músicas de girlgroups


Sabe aquele quadro que o Rodrigo Rafo se veste de cantores (geralmente mulheres) faz uma performasse dublando alguma música famosa e todo mundo 'cai na risada'? Pois é, na Coreia é tipo isso, é algo cômico para eles, inclusive se travestir mesmo (usar maquiagem e tudo). Muitos também dançam coreografias de grupos femininos e isso também é considerado engraçado. E muitos Idols são elogiados por serem parecidos com mulheres quando usam peruca e roupas femininas, inclusive, existem alguns 'concursos de beleza' de garotos que ficam bonitos vestidos de mulher.


Porém, não se engane, isso pode não ter relação com a sexualidade dos Idols e mesmo que tenha, a Coreia é um país muito conservador. A maioria da população coreana não aceita a existência da homossexualidade, muitos coreanos até dizem que "não existem gays na Coreia", então mesmo que um Idol seja homossexual, dificilmente irá assumir publicamente.


"Bromance" e amigos (homens) de mãos dadas


O "Bromance" (amizade de "amigos") é quase cultural na Coreia, já que ter um bom amigo é raro, toda amizade é romantizada. E pela própria cultura "conservadora" e machista, é muito difícil um homem ser realmente amigo de uma mulher (sem segundas intensões), sendo assim a amizade só é considerada "verdadeira" apenas entre homens ou apenas entre mulheres.

E é comum na Coreia ver homens de mãos dadas, podem ser pai e filhos ou as vezes "apenas amigos", mas como dito anteriormente, a cultura coreana é muito homofóbica, eles não aceitam que exista homossexuais, então para eles, toda demonstração de carinho entre pessoas do mesmo sexo é apenas "amizade".


Idols com talentos estranhos


Já que a maioria dos Idols não cantam grandes coisas, eles precisam chamar atenção de outras formas. Uma delas são os famosos "talentos especiais" (de especiais não tem nada), que geralmente são coisas toscas ou estranhas como imitar animais, imitar personagens de filmes ou desenhos, virar os olhos em direções diferentes, quebrar nozes com os dedos, soltar fumaça pela boca (por onde mais sairia? ausahas), lamber o próprio cotovelo e por aí vai.

Veja nessa postagem alguns Idols com talentos estranhos.
Veja também nossa postagem sobre Idols com Talentos Especiais (prometo que não são 'talentos' tão toscos como os citados acima XD).


Aegyo


Aegyo é uma atitude ou comportamento doce, inocente, infantil como de uma criança, mesmo quando a pessoa está velha. Aegyo pode ser o comportamento da pessoa em certa ocasião ou apenas uma pessoa se fingindo de retardada "fofa", inclusive, as mulheres coreanas mudam até o tom de voz (para parecer uma criança) quando falam com homens (e nem precisa ser namorado ou marido). O aegyo está enraizado na cultura coreana, você verá isso em tudo, nos programas de TV, nas séries, nos filmes e claro, no K-Pop.

Quer um exemplo de aegyo? Veja a tosquice viral do Gwiyomi.


Obsessão por ABS, S-Line e pernas longas
Como já citamos várias vezes, perfeição é algo essencial, ou seja, ser mais bonito que uma pessoa normal, isso inclui ter abdômen definido para os homens, S-Line, corpo com curvas (que de curva não tem nada) para as mulheres e pernas longas para ambos. 

A parte das pernas longas é quase cultural, uma vez que a população coreana em geral têm estatura baixa e eles sempre tentam parecer mais altos usando roupas que dão "falsa" impressão de altura, palmilhas de "salto" dentro dos sapatos, emagrecer para afinar as pernas e fazê-las parecerem mais longas e claro, o método mais rápido, photoshop.


Fan service

  

O quê é Fan Service? É uma atitude normalmente voltada para sexualidade, feita pelos artistas para chamar atenção ou agradar os fãs. Essa cultura está relacionada aos animes japoneses, que são muito populares nos países asiáticos, que geralmente contém "bromance" (amizade entre homens) e muitas vezes obsessão (naturo e sasuke ahsuashuh). Sendo assim, a maioria do fan service é entre pessoas do mesmo sexo.

Na cultura ocidental o fan service também é comum, como nas bandas de rock antigo, onde os membros se beijava ou a famosa cena do VMA de 2003 onde as cantoras Madonna, Britney Spears e Christina Aguilera se beijaram. No K-Pop também é bem comum ver cantores do mesmo sexo se beijando ou fazendo atos relacionados a sexualidade, por vez, pode não ser relacionado com a orientação sexual deles, é apenas marketing. E geralmente, é mais "pesado" nos boy groups, já que eles tem mais fãs garotas (adolescentes).

O Fan service é muito comum no K-Pop, assim como no Pop e Rock Japonês (foi de lá que os coreanos copiaram huehue). E mesmo os K-Poppers veteranos ainda acham o fan service muito estranho/exagerado (tipo eu). É decepcionante assistir os programas com os grupos coreanos, pois você espera que mostre mais sobre o cotidiano e os costumes dos membros do grupo, mas em vez disso mostram apenas fan service, principalmente com aquelas brincadeiras de passar cartas/papéis com a boca, fazendo jogo de comer pepero (palitinhos chocolate) ou simplesmente tentam beijar uns aos outros.. Broxante U_U

 

E como aqui no ocidente o pessoal é muito ignorante, quando vêem uma cena dessas e já comenta que é "Tudo viado e sapatão", mas quando um ator ou atriz americanos fazem papel de homossexuais em filmes e séries são elogiados, ganham prêmios e ninguém questiona a sexualidade deles. Então parem de ser ignorantes e homofóbicos.

E não ache que o fan service é especialmente ligado a Ásia, tem muitos americanos(as) que também entendem o conceito e fazem fan service, principalmente ligados aos casais "shippados" pelos fãs de filmes e séries, exemplos:

 

 

Entendam que o fan service é apenas para agradar as fãs, não tem relação com a sexualidade dos indivíduos e muito menos quer dizer que existe afeto entre eles (a maioria dos Idols nem são amigos de verdade).


Cultura conservadora
“A população coreana e asiática de uma forma geral, é muito conservada, fria e tradicional. Podemos ver que nos dramas é difícil de sair um beijo ou para alguém tirar a blusa é um sacrifício, isso nos leva a conclusão de que eles são muito restritos. Então quando algum ídolo comente um erro a sua carreira corre risco de ser arruinada por causa da reação dos fãs e da população adulta, simplesmente porque eles são K-Idols e pregam a perfeição, e quando fazem alguma coisa errada é sempre uma balbúrdia.”
Bem ressaltado pelo kpop NOW na coluna Por que os K-Idols tem que ser lindos e perfeitos?.

Você verá constantemente Idols do K-Pop sendo criticados por 'condutas inapropriadas', que na maioria das vezes não fazem nenhum sentido no ocidente, mas são considerados inaceitáveis na cultura coreana. E principalmente quando se trata das mulheres, que claro, são sempre as mais cobradas e criticadas em tudo.

"Normal"

"Vulgar"

As membros de grupos femininos e cantoras solo são constantemente criticadas por serem "vulgares" em suas coreografias e músicas, porém quando um grupos masculino ou cantor solo faz coreografias igualmente "vulgares" ninguém liga. É comum que as coreografias sejam "banidas" dos programas musicais, onde os grupos e cantores promovem suas músicas, que são em maioria da TV aberta e passam em horários comuns (geralmente de tarde ou a noite). Certas músicas também são proibidas de tocar nas rádios e os CDs são classificados para maiores de 18 anos (para comprar precisam mostrar a identidade)

Veja aqui 22 coreografia banidas da TV coreana por serem "inapropriadas".


Falsidade dos Idols
É normal que os artistas tentem ser o mais agradáveis possível para ganhar amor dos fãs, mas isso não quer dizer que pessoalmente eles sejam agradáveis, muitos são apenas falsos. Acontece muito no K-Pop que Idols sejam criticados por atitudes rudes, alguns são tão criticados que até param de ser chamados para programas e entrevista pelos seus mal temperamentos. Esses Idols geralmente são apelidados de "ajumma" ou "ajusshi" (senhoras ou senhores), pois as pessoas coreanas mais velhas geralmente tratam os mais novos de forma rude, sem respeito, uma vez que na cultura deles os mais velhos não tem obrigação de serem educados ou respeitosos com os mais novos, apenas os mais jovens devem respeito aos mais velhos.

Portanto, é normal ver Idols acusados de falsidade, falta de respeito (normalmente com os mais velhos), mal temperamento, rudez, etc.


Acidentes de carro
Acontecem muitos acidentes de carros com os Idols coreanos, é claro que pela quantidade exorbitante de grupos e cantores que a estatística aumenta, mas não é apenas isso. Ao contrário daqui do Brasil, que a maioria dos acidentes são causados por pessoas embriagadas (bêbadas), na Coreia, geralmente são por excesso de trabalho, os motoristas ficam muitas horas seguidas dirigindo, as vezes tomam remédios para ficarem acordados e dirigem com mal tempo (não quer dizer que não tenha coreano(a) dirigindo bêbado, mas a maioria dos acidentes são causados por excesso de trabalho). Pode-se também levar em conta que os coreanos geralmente são péssimos motoristas, mas em certas condições como tempestades ou nevascas são difíceis até para motoristas experientes. Sendo assim a incidência de acidentes com Idols é muito alta. Se acostume.

Veja aqui uma lista com 10 acidentes de carro com Idols coreano.


Racismo, preconceito e 'colorismo'
Além de humilhar pessoas obesas ou feias, os programas coreanos vivem fazendo comentários e/ou sátiras racistas. Nós sabemos que nos países orientais a predominância étnica é a oriental-asiática, vulgarmente conhecida como "raça amarela". Na Coreia do Sul em especial, 90% das pessoas não tem nenhuma miscigenação, fazendo com que eles sejam muito preconceituosos com qualquer um que não seja oriental. A maioria dos coreanos não tem contato com negros (pois a imigração não é tão volumosa), e acabam estranhando muito quando veem um de perto. Porém, devemos lembrar que apesar de existir racismo lá, ainda sim não é tão ruim quando aqui. Por mais que a mídia coreana apenas mostre a parte ruim das comunidades negras e da africa, os esteriótipos que eles têm não são tão ruins quanto os dos racistas ocidentais. Alguns têm 'medo' de homens negros por causa da péssima imagem passada pela mídia americana, mas até onde se sabe, nenhum imigrante negro relatou ter sido vitima de racismo policial, nem de agressão, ou nenhum ato violento de origem racista. Apesar da ignorância de algumas pessoas, pode até se dizer que existe mais preconceito estético do que racismo em si. Pois para quem não sabe, o racismo é a 'crença' que existe uma 'raça' de humanos superior, e é por isso que na nossa sociedade o racismo de emprega em enfase aos negros, já que são historicamente subjugados e inferiorizados.

Felizmente, isso está mudando, aos poucos mas está. Começando por inserir mais pessoas negras na mídia.. Neste quesito, a coreia está meio atrasada, mas no Japão, por exemplo, existe diversos artistas negros e mestiços.

Veja também nossa postagem: Conheça Sam Okyere, o jovem de Ghana que virou estrela de TV na Coreia

Vale lembrar que muitos dos casos de preconceito na Ásia, são em alvo aos mestiços, filhos de asiáticos com negros (geralmente uma mulher asiática, e um homem negro). Ressaltando o fato de que a maioria dos asiáticos afro-descendentes são filhos de soldados americanos que viviam em bases na Ásia (muitos são frutos de estupro), a algumas mulheres que se envolviam com americanos na esperança de conseguir cidadania americana, faz com que a população oriental desgoste ainda mais dos mestiços devido ao ódio pelos americanos.

Nós vemos hoje no K-Pop uma apropriação da cultura "SWAG", Twerk e Trap Music, porém o racismo continua. De vez em quando aparece algum negro em um MV do K-Pop, entretanto mesmo quando a música é do estilo Hip-Hop não vemos os negros sendo tratados como membros comuns da sociedade. Faz algum sentido você gostar da cultura negra, do Hip Hop, do Rap, mas não gostar de negros? Sim, acontece, até mesmo os dito cujos 'rappers' coreanos vivem dizendo coisas racistas. É patético.

Existe vários casos de 'blackface' nos programas coreanos, isso nada mais é do que uma caricatura da imagem dos negros, com intuito de humilhar e ridicularizar. Vale a pena lembrar que a ridicularização dos traços afro, também é uma forma de racismo, pois é uma forma evidente de dizer que os negros são esteticamente feios e apenas brancos são bonitos. Isso não é 'questão de gosto', você não tem direito que chamar uma pessoa de feia só porque não a acha bonita, pelo simples fato de que ofensa é crime.

Alguns exemplos óbvios de 'blackface' entre nos coreanos coreanos:

 

Um ocidental se veste de asiático e usa os dedos para "puxar os olhos", isso é considerado racismo, mas um asiático se pintar de preto e ridicularizar a cultura negra não é?

Também existe casos de Colorismo, que é quando dentro de uma mesma etnia, os membros de pele escura são desvalorizados. Isso também acontece na cultura coreana, mas provem de uma fonte diferente do colorismo ocidental. Como vocês sabem, apenas os europeus e árabes escravizaram negros e nativos, usando a desculpa que eles eram intelectualmente inferiores aos brancos, por isso até hoje, os traços e cultura negra são inferiorizados, é um vestígio do pensamento do passado. Mas nada disso aconteceu na Ásia-oriental (não em grande escala), então por que existe colorismo?.. Isso é uma questão histórica, pois no passado a pele mais pálida era assemelhada a pessoas da nobreza, que não trabalhavam, por tanto não pegavam sol, e pele escura aos plebeus pobres, que trabalhavam o dia inteiro. Muitos acham que pele escura é sinônimo de sujeira e "mau cheiro", porém isto está começando a mudar.. Muitos coreanos(as) fazem bronzeamento artificial, e outros usam maquiagem para ficarem menos pálidos, porém ainda existe muito colorismo na mídia coreana, e consequentemente no K-Pop, onde coreanos de pele mais escura são considerados 'menos atraentes do que os de pele pálida. Veja alguns exemplos abaixo.

"É muito difícil ver o rosto dele no escuro"

- Ouvi dizer que pareço muito a Nicole do Pussycat Dolls.
- Olá pessoa negra? Você é a Beyonce?
- Mas eu sou uma princesa indiana.

Veja também nossa postagem: Razões pelas quais o whitewashing deveria acabar

Outros comentários racistas ou preconceituosos feitos por idols do K-Pop:
• Taeyeon do SNSD disse que a cantora americana Alicia Keys era "Bonita para uma pessoa negra", “pretty for a black person”.
• Lee Michelle foi vítima de comentários racista do JYP Park durante o programa K-pop Star .
• Jenny Hyun compositora de musicas do SNSD e ChoColat disse via twitter que a morte da Whitney Houston não foi uma perda por causa de toda a "bagagem" que veio com ela e se referiu aos afro-americanos como "nojentos, violentos, arrogantes e estúpidos". Além de ter twitado a seguinte frase: “We don’t know what it’s like with them not here. But imagine a world with NO BLACK PEOPLE. All the tension in every aspect of life would be drastically improved without them around. And ONLY them.” Clique aqui e veja prints dos tweets dela.
• Taeyang do Big Bang usou um filtro do rosto do rapper Kanye West no instagram para desejar um 'feliz ano do macaco".

O preconceito na Coreia não se aplica apenas aos negros e ocidentais em geral, mas a qualquer pessoa não-coreana, isso inclui japoneses, chineses e descentes de asiáticos que nasceram em países ocidentais. Basicamente, qualquer pessoa "diferente" vai sofrer preconceito. Um exemplo foi uma mulher coreana e sua filha que tem olhos azuis que sofreram preconceito por isso (foto).

Veja também: [OPINIÃO] Racismo na Coreia do Sul

Ah, e antes que algum leigo venha falar que existe racismo contra brancos: não importa se alguém te chamar de leite azedo, palmito ou o que for, isso não é racismo, não estão te inferiorizando, e mesmo que estivessem, nossa sociedade é regida por uma supremacia branca, a elite ocidental é formada majoritariamente por brancos, nenhuma pessoa branca, por mais pobre que seja, seria oprimida por negros, já que, socialmente, negros não têm poder de oprimir brancos. Apenas parem.


Machismo
É difícil de acreditar que mesmo com toda a evolução da democracia a raça humana não tenha evoluído em simples aspectos sociais como a desigualdade entre os gêneros. Esse é um aspecto negativo na sociedade mundial e mesmo com as lutas do direitos iguais, ainda existe muito machismo e homofobia. Na Ásia, isto talvez seja bem mais grave, pois boa parte das famílias asiáticas são antiquadas e conservadoras, as garotas são educadas desde pequenas para serem obedientes e comportadas, induzidas a considerar o casamento a coisa mais importante na vida. E como a maioria dos homens de qualquer lugar não gosta de mulheres independentes, as mulheres acabam não tendo um papel relevante na sociedade, além de terem filhos e cuidarem dos serviços domésticos.

Dentro do K-Pop o machismo pode ser facilmente perceptível apenas em analisar os MVs (clipes musicais), nos quais vemos garotas sendo puxadas pelo braço ou tento o cabelo puxado. Além do fato dos conceitos sexys feito pelos grupos femininos serem sempre alvo de críticas e de acusações por apenas estarem tentando chamar atenção, porém quando um grupo masculino faz um conceito sexy é aceito sem reclamações. O pior de tudo é que muitas vezes as trainees são submetidas a coisas humilhantes e criminosas para fazer sucesso, muitas são humilhadas e agredidas pelos donos das empresas, outras até sofrem abuso sexual, como o caso de 2012 no qual o CEO da Open World Entertainment foi acusado de ter abusado e forçar os trainees (rapazes) a abusarem de outras seis garotas. A atriz Jang Jayeon cometeu suicídio em 2009, revelando em uma carta que seu agente não só a abusava como a forçava a manter relações sexuais com poderosos do entretenimento sul-coreano. Entre outros vários depoimentos de quase-trainees que sofreram assédio ainda antes de assinarem contrato.

Já foi relevado em sites coreanos que muitas das trainees são divididas em dois grupos: um, as que tem talento e maior probabilidade de debutar, e dois, as que são consideradas sem talento, que são colocadas no "grupo do prazer", no qual trocam favores sexuais por crescimento na empresa e que tenham garantia de debut (prostituição).

Podemos citar alguns exemplos óbvios de machismo no K-Pop, como:
• No more perfume On You do Teen TOP fala sobre traição e na letra eles pedem para que a amante noona (mulheres mais velha) não use perfume para que a namorada não descubra.
• No MV de Baby Goodnight do B1A4 traição também é o tema principal. Porém, quando é uma mulher que trai parece que tudo acabou e ela é classificada com todos os tipos de "palavras más". No entanto, neste MV os amigos que o ajudam a enganar sua namorada e parece que tudo está bem já que é apenas por uma noite.
• Em Inconvenient Truth do INFINITE eles falam para a garota (namorada) parar de usar roupas curtas.

Quando grupos fazem conceitos sexy e revelantes, homens são considerados legais e mulheres são injustamente taxadas de baratas e que só querem atenção.” Lee Joon – ex-MBLAQ


E para vocês que gostam de drama, e MVs do K-Pop que mostram alguém puxando uma mulher pelo braço, isso não é fofo, é agressão.


Como já dito anteriormente, muitas das trainees e Idols se prostituem para conseguir fama e oportunidades. Prostituição na Coreia do Sul é ilegal, mas de acordo com Instituto de Desenvolvimento das Mulheres da Coréia, o comércio do sexo na Coreia foi estimado em a 14 biliões de won sul-coreanos ($ 13 bilhões de dólares) em 2007, cerca de 1,6 por cento do produto interno bruto do país e acordo com o Instituto coreano de Criminologia, 20 por cento dos homens com idade entre 20 á 64 anos gasta em média média de 693.000 wons (US $ 580) com sexo por mês (pornografia e prostituição). De acordo com um estudo realizado pelo Medical college of Korea University, 23,1% dos homens e 2,6% das mulheres têm sua primeira experiência sexual com uma prostituta. Apesar das sanções legais e repressão policial, prostituição continua a florescer na Coreia, enquanto que as prostitutas continuam a resistir as medidas do estado. Na Coreia do Sul, a prática de perder virgindade com prostitutas é de ampla disseminação. De acordo com um estudo realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade da Coreia, 23,1% dos homens relataram ter a primeira experiência sexual com prostitutas, enquanto as mulheres tiveram percentual menor de 2,6%.

Boa parte dos coreanos e ocidentais também tem fetiche por estudantes (menores de idade), existem muitas prostitutas menores. Da mesma forma que existe uma parcela de prostitutas de terceira idade (de 50 á 90 anos) conhecidas como Bacchus ladies, que ainda podem ser vistas perto do teatro Piccadilly no bairro Jongno em Seul. O apelido vem da popular bebida energética e das  muitas das prostitutas tradicionalmente comercializadas no local. No final de 2013 e início de 2014, o número de "senhoras Bacchus" atingiu um pico de cerca de 300 a 400 no bairro.

Cerca de 270 mil mulheres coreanas trabalhavam na prostituição, ou seja, 3,5% de todas as mulheres na faixa dos 20 a 30 anos, de acordo com um relatório de 2007 para o Ministério da Igualdade de Gênero e Família do governo. O tamanho na indústria do sexo, tanto em bordéis que operam abertamente como nas empresas clandestinas, foi estimado em ₩14 trilhões (12,7 bilhões de dólares americanos), segundo o relatório. O ministério realizou outro relatório em 2010, mas recusou-se a divulgar os resultados, dizendo que havia sido difícil recolher dados fiáveis, devido à natureza evolutiva do comércio do sexo.



Homofobia
A homofobia é ainda mais forte que o machismo, pois como dito anteriormente, as famílias asiáticas são muito conservadoras. Existe pouquíssimos gays assumidos na Coreia e a maior parte deles tem medo de assumir e perder seus empregos (principalmente no ramo artístico). Não existe muito para dissertar sobre o assunto, já que a homofobia é um aspecto negativo na sociedade mundial.

Vale a pena ver o MV de Please, Don’t do K.Will, um dos pouquíssimos vídeos do K-Pop que mostra um personagem gay. 




Contratos escravos e Abusos verbais e Sexuais
A maioria dos Idols passam por aulas de dança, canto, atuação, línguas estrangeiras, etiqueta, etc. Esse é o famoso período de "Trainee", onde eles treinam mais de 9 horas por dias, para estarem completamente preparados para atuar em vários ramos do meio artístico. A maioria dos contratos tem de sete a onze anos de duração e quando a pessoa quiser (ou precisar) quebrar esse contrato é obrigada (na maioria das empresa) a pagar uma taxa de quebra de contrato. Vários grupos já entraram em processos com suas empresa alegando contratos abusivos, exemplos são: JYJ, B.A.P, Block B. 

Veja mais sobre o assunto nesse artigo: [Opinião] O lado negro do K-Pop.

Veja alguns exemplos de abusos feitos por CEOs e membros de empresa do K-Pop:
• Ex-trainee revela em entrevista que foi estuprado e abusado sexualmente em agência. Veja a matéria aqui.
• CEO da Open World Entertainment foi preso por supostas acusações de assédio sexual. Veja a matéria aqui.
• Ceo da Star Empire, Shin Joohak, denunciado por antigo abuso de 9MUSES em documentário. Veja a matéria aqui.
• Líder do ZE:A revela segredos explosivos sobre o CEO da Star Empire! Veja a matéria aqui.

Veja também: [Opinião] Vida de trainee: uma jornada de incertezas


Competitividade feroz, pressão social e suicídios
Agora a coisa ficou séria, preste muita atenção no texto.

Desde criança os coreanos são incentivados a serem os melhores em tudo, os pais, parentes, a mídia, os professores forçam constantemente as crianças a serem as "melhores em tudo", isso inclui a competitividade, é claro, uma vez que existem "cotas" na maioria das escolas coreanas, isto significa que apenas uma quantidade de alunos serão os "melhores" da turma, apenas os que foram melhores em tudo, enquanto os demais serão inferiorizados mesmo que tenham tirado notas boas, pois "bom" não é o suficiente, eles precisam ser excelentes, no pensamento deles, se a pessoas não forem "excelentes" não vão conseguir emprego e acabarão virando mendigos.

E mesmo assim, nada disso vai adiantar, todo o esforço é inútil, se você não tiver nascido rico.

Mesmo que a pessoa seja "excelente" nos estudos, o que o aguarda depois é uma vida estressante e sufocante, longas horas de trabalho, pagamentos irregulares e injustos, alto preço dos alimentos e outros produtos, a pressão para trabalhar mais, produzir mais, se dedicar mais, tudo isso somado com o padrão de beleza, é o suficiente para deixar qualquer um maluco.

Os próprios jovens coreanos afirmam que a Coreia do Sul é um lugar daqueles que nascem com uma colher de ouro nas bocas, entram nas melhores universidades e garantem um trabalho muito fácil e agradável que paga bem, enquanto aqueles que nascem numa condição financeira inferior, trabalham longas horas em empresas que pagam pouco, sem benefícios.

Podemos encaixar aqui mais uma explicação do tópico "ódio aos ocidentais", já que as bolsas de estudos e intercâmbios tornam a vida os estrangeiros 'fáceis' na Coreia, enquanto os coreanos nativos tem que se f*der para achar uma boa escola ou bom trabalho.

Não é a toa que a taxa de suicídios seja tão alta na Coreia. Um cantor famoso é criticado na internet, um empreendedor perde dinheiro e honra após um fracasso profissional, um estudante não atinge a nota desejada no vestibular e um idoso dependente se sente como um fardo para a família. Os quatro casos são reais e aos sul-coreanos não soa estranho saber que essas pessoas se mataram. São frequentes os casos no país, onde diariamente 40 pessoas se suicidam. A Coreia do Sul, com 29,1 casos a cada 100 mil habitantes em 2012, é a nação desenvolvida com mais suicídios, segundo dados publicados pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE). Consequentemente, mortalidade por suicídio já ultrapassou as taxas de mortalidade de diabetes, pneumonia e doenças do fígado.

Mais de 14 mil pessoas se suicidam anualmente na Coreia do Sul e a incidência dobra na terceira idade, revelando o lado mais cruel de um país entregue ao desenvolvimento, ao dinheiro e à honra. "Quando os mais velhos ficam sem recursos financeiros, a ideia de se transformar em um peso para seus filhos pode levá-los a tirar a própria vida", afirmou à Agência Efe Ansuk Jeong, psicóloga e pesquisadora da Universidade Yonsei, em Seul. O sistema de previdência sul-coreano, criado em 1987, é muito falho, por isso o cidadão precisa ser autossuficiente até o fim da vida. Quanto aos jovens do país, o suicídio é a primeira causa de morte entre os 10 e 39 anos, acima do câncer e dos acidentes de trânsito, de acordo com o Escritório de Estatística de Seul.

"O principal motivo que leva esse público a pensar em suicídio é a pressão para obter os melhores resultados nas provas, especialmente na prova de entrada na universidade", disse à Efe a assistente social Park Jae-Young. Um a cada quatro estudantes sul-coreanos tentou o suicídio pelo menos uma vez, segundo o Instituto de Políticas para a Juventude.

Muitos Idols coreanos cometeram suicídio por pressão psicológica por não conseguirem alcançar as metas que desejavam, por serem constantemente criticados, e por vários outros motivos, vamos citar alguns:
• A modelo e atriz Jang Ja-yeon se enforcou na escada de sua casa, ela começou a ganhar fama com sua participação na novela "Boys Before Flowers". Ela deixou uma carta de 7 páginas em que ela revelou que foi obrigada por seu agente a prestar favores sexuais para poder continuar atuando (eles ameaçavam despedi-la).
• SoJin (KARA Project) cometeu suicídio aparentemente por não ter conseguido alcançar suas metas como artista. As informações iniciais dizem que uma mulher foi encontrada inconsciente em um canteiro de flores, por um funcionário do apartamento, no dia 24/02, as 14:07 (fuso coreano). Ela foi levada imediatamente ao hospital onde, infelizmente, acabou por falecer. A jovem foi identificada como SoJin, que sofria de depressão. De acordo com a polícia, ela deve ter pulado do 10º andar, mas nenhuma carta de suicídio foi encontrada.
• Atriz Lee Eun-ju se enforcou no armário de seu apartamento, ela era muito criticada pela mídia por fazer filmes com muito conteúdo sexual.
• Cantora e atriz U;Nee não superou as expectativas que tinha para a sua carreira, e cometeu suicídio se pendurando em uma porta de sua casa. Sua mãe confessou que ele sofria de depressão. Além disso, ela era constantemente criticada internet.
• O comediante Ahn Jae-hwan cometeu suicídio por inalação de gases tóxicos. Ele tinha muitas dívidas e desequilíbrios financeiros o que fez o ator se matar. Em seguida, surgiram comentários que sua morte estava relacionada com o suicídio posterior da maior atriz da década de 90, Choi Ji-sil.
• Atriz Choi Jin-sil foi encontrada morta por sua mãe em casa, ela havia se enforcado com um elástico em seu chuveiro. Ela sofria de depressão desde 2004, depois de seu divórcio com o jogador de beisebol Cho Sung-min, que foi acusado de abuso por parte da atriz. Presumiu-se que tirou sua vida por boatos espalhados na internet envolvidos com a morte do ator Ahn Jae-hwan.
• A atriz transsexual Jang Chae-won cometeu suicídio pela pressão da mídia e sociedade coreana por ser homossexual e transsexual.
• O modelo  Kim Ji-hu cometeu suicídio pela pressão por ser homossexual.
• Han Chae Won foi encontrada enforcada no banheiro de sua residencia, ela teve muitas dificuldades promovendo atividades como celebridade.
• A Atriz Jung Ah Yool foi encontrada morta por enforcamento em sua casa. Ela passava por problemas financeiros, e "estava muito nervosa sobre o futuro."

E tem muito mais Idols, aqui nesse blog tem uma lista bem grande de Idols coreanos que cometeram suicídio.

Textos de auxilio: Jovens sul-coreanos chamam seu país de “inferno” e procuram caminhos para sair de láCoreia do Sul: a república do suicídio,

Esse é um dos assuntos mais sérios em relação ao cotidiano coreano, é por isso que eu imploro para que vocês não façam comentários infelizes, nem piadas estúpidas. Por favor, não comentem nada sobre este assunto se não tiverem nada relevante á dizer.



Acabou! Era isso, está feito!


E aí gostou da postagem?
Explicou alguma coisa que não entendia?
Tem mais algum tópico que deveria estar aqui?
Comente!

4 3 2 1.. Que comece a chuva de "fala tão mal e ainda se diz kapopper"


Vou avisando, não perca seu tempo comentando merda aqui, pois vou excluir tudinho, tá!

Tags: , ,

0 comentários:

Postar um comentário

 
sample64

Seja nosso Afiliado

Clique aqui para se afiliar

sample41

Secret Brasil

Visite a fanbase brasileira do Secret.

sample42

N:sonic Brazil

Visite a fanbase brasileira do N:sonic.

sample41

Sensaciona -lismo do Kpop

Página de notícias/zuera do K-Pop .

sample43

A.KOR - 에이코어 Brazil

Visite a fanbase brasileira do A.KOR.

sample42

Joy Brasil

Visite a fanbase brasileira da Joy (Red Velvet).

sample43

Kim YerimBrazil

Visite a fanbase brasileira da Yeri (Red Velvet).

sample42

Kang SeulgiBrasil

Visite a fanbase brasileira da Seulgi (Red Velvet).

sample43

Kpop Tumblr

Página voltada para todo tipo de conteúdo de K-Pop.

sample42

Rua das Begônias

Curiosidades da cultura pop japonesa e coreana.

sample43

Seja nosso Afiliado

Clique aqui para se afiliar.

sample64

Seja nosso Afiliado

Clique aqui para se afiliar.

Copyright © Hallyu Town | Designed by Templateism.com